Translate this Page
ONLINE
3

Partilhe esta Página

VISITAS


Estudo casais & Família
Estudo casais & Família

 

Nesta Página estaremos postando estudos para que casais possam por meio deles edificar e também restaurar seu matrimônio. Pois, cremos que por meio da Palavra de Deus em sua prática, tudo é possível.

 ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

De início estaremos postando um estudo com 40 capítulos cheio de informações e dicas que cremos terem nascido no coração de Deus  para todos quantos buscam por meio d'Ele, restaurar sua vida conjugal e familiar.

 

11/09/2019 - Quarta Feira 

 

 

" DEUS EM SUA INCONDICIONAL MANEIRA DE NOS AMAR, DEMONSTRANDO EM DECIDIR ATÉ MESMO MORRER POR NÓS MOVIDO POR ESTE AMOR, NOS DESAFIA A IMITÁ-LO DIARIAMENTE. " - Parte 3

 

UM DESAFIO PARA AMAR INCONDICIONALMENTE O SEU CÔNJUGE - Parte 3

 

2° Dia 0 Amor é bondoso

 

Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo. - Efésios 4:32

 

A bondade é o amor em ação. Se a paciência é a maneira pela qual o amor reage para minimizar uma circunstância negativa, a bondade é a maneira como o amor age para maximizar uma circunstância positiva.

 

A paciência evita o problema; a bondade abençoa. Uma é preventiva, a outra é ativa. Estes dois lados do amor são a pedra fundamental onde são construídos muitos dos outros atributos que discutiremos. O amor lhe faz bondoso, e a bondade lhe torna agradável. Quando você é bom, as pessoas desejam ficar ao seu redor.

 

Elas vêem você como sendo bom com elas e para elas. A chave bíblica para a importância da bondade é: "Não se afastem de ti a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço, escreve-as na tábua do teu coração; assim acharás favor e bom entendimento à vista de Deus e dos homens" (Provérbios 3:3-4).

 

Pessoas bondosas acham favor aonde quer que vão, até mesmo em casa. Mas a "bondade" pode parecer um pouco ampla ao ser definida, e principalmente ao ser vivida.

 

Então, vamos dividi-la em quatro ingredientes principais: Gentileza. Quando você é movido pela bondade, você é cuidadoso no modo como trata seu cônjuge, nunca sendo rude desnecessariamente. Você é sensível, tenro.

 

Mesmo quando precisar dizer coisas duras, fará um grande esforço para que a sua censura ou provocação soe o mais leve possível. Você fala a verdade em amor.

 

Prestabilidade. Ser bom significa que você supre as necessidades do momento. Se forem os afazeres domésticos, você se ocupa com eles. Um ouvido? Você dá o seu.

 

A bondade agracia a esposa com a habilidade de servir ao marido sem se preocupar com os seus próprios direitos. A bondade torna o marido curioso para saber as necessidades da esposa, e depois o motiva para ser aquele que fará de tudo para suprir essas necessidades - mesmo que as dele sejam postas em segundo plano. Boa vontade.

 

A bondade lhe inspira a ser agradável. Ao invés de ser obstinado, relutante ou teimoso, você coopera, é flexível. Em lugar de reclamar ou dar desculpas, você busca razões para se comprometer e ajudar.

 

Um marido gentil acaba com milhares de argumentos em potencial, tendo boa vontade para ouvir primeiro ao invés de exigir que as coisas sejam feitas à sua maneira. Iniciativa. A bondade pensa à frente, e dá o primeiro passo.

 

Ela não se senta esperando ser estimulada ou forçada a sair do sofá.

 

O marido ou a esposa gentil será o que cumprimenta primeiro, sorri primeiro, serve primeiro e perdoa primeiro. Ele (a) não espera o outro agir para então demonstrar amor.

 

Quando agimos segundo a bondade, vemos as necessidades, e então tomamos a atitude primeiro. Jesus descreveu de forma criativa a bondade do amor na parábola do Bom Samaritano, encontrada na Bíblia - Lucas, capítulo 10.

 

Um homem judeu atacado por assaltantes foi deixado quase morto em uma estrada deserta. Um sacerdote e um levita, respeitados no meio do povo, passaram pelo outro lado decidindo não parar. Muito ocupados. Muito importantes.

 

Apreciadores de mãos limpas. Mas um homem comum de outra etnia - os odiados samaritanos, cujo ódio pelos judeus era cruel e mútuo - vê o homem em sua necessidade e é movido de compaixão. Atravessando todos os limites culturais e arriscando se expor ao ridículo, ele parou para ajudar o homem.

 

Enfaixando-lhe as feridas e colocando-o sobre seu próprio animal, ele o carrega até uma hospedaria e paga todas as despesas médicas do seu próprio bolso. Onde anos de racismo causaram rixa e divisão, um ato de bondade aproximou dois inimigos.

 

Gentilmente, prestativo, de boa vontade. Tomando a iniciativa, esse samaritano demonstrou a bondade verdadeira de todas as maneiras possíveis. Não foi a bondade uma das principais coisas que uniram você e seu cônjuge em primeiro lugar?

 

Quando se casou, você não esperava curtir a bondade dele para o resto de sua vida? O seu cônjuge não esperava o mesmo de você? Mesmo que os anos sejam capazes de afastar essa esperança, a alegria no casamento ainda está ligada ao nível diário de bondade expressada. A Bíblia descreve uma mulher cujo marido e filhos a abençoam e honram.

 

Entre todos os seus atributos, se destacam estes: "Fala com sabedoria e ensina com amor" (Provérbios 31:26). E você? Como seu marido ou sua esposa lhe descreveria à luz da bondade? Você é áspero? É gentil e prestativo?

 

Você espera que lhe peçam alguma coisa ou você toma a iniciativa de ajudar? Não espere seu cônjuge ser bondoso primeiro para que então, você pratique a bondade. É difícil expressar amor quando existe pouca ou nenhuma motivação. Mas o amor em sua essência não é baseado em sentimentos.

 

Pelo contrário, faz parte da natureza do amor ter consideração e ser atencioso, mesmo quando parece não haver recompensa.

 

Você nunca aprenderá a amar até que aprenda a demonstrar bondade. ≈ Desafio de hoje ≈ Além de, mais uma vez, não dizer palavras negativas ao seu cônjuge hoje, demonstre bondade com, no mínimo, um gesto inesperado. - Anote aqui quando o desafio de hoje estiver completo. Que descobertas sobre o amor você fez hoje?

 

O que você fez especificamente com relação a este desafio? Como você demonstrou bondade?

_______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________

 

O que faz um homem desejável é a sua benignidade. (Provérbios 19:22).

 

                              &&&&&&&                                                             

 

04/09/2019 - Quarta Feira 

 

" DEUS EM SUA INCONDICIONAL MANEIRA DE NOS AMAR, DEMONSTRANDO EM DECIDIR ATÉ MESMO MORRER POR NÓS MOVIDO POR ESTE AMOR, NOS DESAFIA A IMITÁ-LO DIARIAMENTE. " - Parte 2

UM DESAFIO PARA AMAR INCONDICIONALMENTE O SEU CÔNJUGE - Parte 2


 

1º  Dia
 
O Amor é Paciente             
 
Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. - Efésios 4:2
 
O amor funciona. E o motivador mais poderoso e tem uma
profundidade e um significado bem maiores do que a maioria das pessoas pensa. O amor sempre faz o que e melhor para os outros e tem o poder de nos fortalecer para enfrentar grandes problemas. 
 
Nascemos com uma sede perpetua de amor. Nosso coração precisa de amor, assim como nossos pulmões precisam de oxigênio. O amor muda a nossa motivação de vida. Os relacionamentos se tornam significativos
com ele. 
 
Nenhum casamento e bem sucedido sem amor.
O amor e construído sobre dois pilares que melhor definem o que ele e. 
 
Esses pilares são a paciência e a bondade. 
 
Todas as outras características do amor são extensões desses dois atributos. 
E e aqui que começa o seu desafio, com a paciência.
O amor ira lhe inspirar a ser uma pessoa paciente. 
 
Quando você decide ser paciente, você responde de maneira positiva a uma situação negativa. Você e tardio em irar-se. Prefere ter um "pavio longo" a se irritar facilmente. 
 
Ao invés de ser impaciente e exigente, o amor lhe ajuda a se acalmar e a transmitir misericórdia aos que estão ao seu redor. A paciência traz a calma interior em meio a
tempestade exterior.
 
Ninguém gosta de ter uma pessoa impaciente por perto. Estar próximo de alguém assim faz você reagir com raiva, insensatez e de maneiras lamentáveis. 
 
A ironia da raiva em uma ação errada esta em gerar novos erros por si só. A raiva quase nunca torna as coisas melhores. 
 
Na verdade, ela geralmente cria mais problemas. Mas a paciência paralisa o andamento do problema. A paciência, mais do que morder a língua, mais do que bater a mão na boca, e respirar fundo. 
 
Ela purifica o ar. Ela impede a insensatez de espalhar seu veneno por toda casa. Ter paciência e escolher controlar suas emoções ao invés de permitir que elas lhe controlem. E demonstrar discrição ao inves de pagar mal com mal.
Se o seu cônjuge lhe ofende, você rapidamente revida ou você se controla? Você reage com raiva quando lhe tratam injustamente? 
 
Se a resposta for sim, você esta espalhando veneno ao
invés de remédio.
 
A raiva e causada, na maioria das vezes, quando um forte desejo por algo e combinado com decepção ou tristeza. Você não consegue o que quer, então começa a se irritar por dentro. Muitas vezes ela e a reação emocional que resulta das nossas razoes egoístas, tolas e mas.
 
Por outro lado, a paciência nos torna sábios. Ela não se apressa em julgar, mas ouve o que a outra pessoa esta dizendo. Ela espera na entrada enquanto a raiva deseja invadir com violência. 
 
A paciência aguarda para ver toda a situação antes de julgar. A bíblia diz: "o homem paciente da prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez" (Provérbios 14:29).
 
Assim como a falta de paciência fara do seu lar uma zona de guerra, a pratica da paciência estimulara a paz e a tranquilidade. 
 
"O homem irritável provoca dissensão, mas quem e paciente acalma a discussão" (Provérbios 15:18). 
 
Frases como esta do livro de Provérbios são princípios claros de aplicação eterna. 
 
A paciência e o lugar onde o amor encontra sabedoria. 
 
E todo casamento precisa desta combinação para permanecer saudável.
 
A paciência lhe ajuda a dar ao seu cônjuge o direito de ser humano.
 
A paciência entende que todos falham. Quando um erro e cometido, a paciência decide dar mais tempo do que ele (a) precisa para corrigi-lo. 
 
A paciência lhe capacita a permanecer firme durante os
tempos difíceis do seu relacionamento, ao inves de lhe esgotar com as pressões.
 
Mas o seu cônjuge pode contar com um marido ou com uma
esposa paciente? 
 
Ela pode ter certeza de que se trancar as chaves dentro do carro poderá contar com a sua compreensão ao invés de
ouvir um sermão que a fara sentir-se como uma criança? 
 
Ele pode se assegurar de que se comemorar os últimos segundos do jogo de futebol não vai ouvir uma lista de sugestões de como poderia usar melhor o seu tempo? 
 
Acontece que poucas pessoas são tão difíceis
de se conviver quanto uma pessoa impaciente.
 
Como seria o tom de voz do seu lar se você colocasse em pratica essa abordagem bíblica: "tenham cuidado para que ninguém retribua mal com mal, mas sejam sempre bondosos uns para com os outros e para com todos." (1 Tessalonicenses 5: 15)?
 
Poucos de nos praticam a paciência de forma adequada, e nenhum de nos a pratica naturalmente. 
 
Mas o homem e a mulher sábios verão a paciência como um ingrediente essencial no casamento. 
 
Este e um bom ponto de partida para demonstrar o amor verdadeiro.
 
Essa jornada de O Desafio de Amar e um processo, e a primeira atitude que você deve decidir ter e ser paciente. 
 
Pense nisso como uma maratona, não como uma corrida de 100 metros rasos. 
 
Uma maratona que vale a pena correr.
 
>  Desafio de hoje <
 
A primeira a parte do desafio de hoje e bastante simples. Apesar do amor se comunicar de varias formas, as palavras, na maioria das vezes, refletem o estado do nosso coração. 
 
Para o próximo dia, decida demonstrar paciência e de modo algum diga algo negativo para o seu cônjuge. 
 
Se a tentação surgir, não diga nada. E melhor segurar a língua do que dizer algo de que possa se arrepender depois.
- Anote aqui quando o desafio de hoje estiver completo.
 
Aconteceu alguma coisa hoje que lhe deixou com raiva do seu cônjuge? 
 
Você foi tentado a ter pensamentos condenáveis e a expressa-los com palavras?
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_____________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
_______________________________________________
 
Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se.     (Tiago 1:19).

                                                               &&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

 

28/08/2019 - Quarta Feira

" DEUS EM SUA INCONDICIONAL MANEIRA DE NOS AMAR, DEMONSTRANDO EM DECIDIR ATÉ MESMO MORRER POR NÓS MOVIDO POR ESTE AMOR, NOS DESAFIA A IMITÁ-LO DIARIAMENTE. " - Parte 1 / INTRODUÇÃO

UM DESAFIO PARA AMAR INCONDICIONALMENTE O SEU CÔNJUGE - Parte 1 / INTRODUÇÃO 

Receba este livro como um alerta. Esta jornada de quarenta dias não pode ser encarada superficialmente.
Ela é um desafio e, na maioria das vezes, um processo difícil, mas incrivelmente recompensador. Aceitar esse desafio exige uma mente determinada e decisões firmes.

O seu propósito não é o de ser experimentado ou testado por pouco tempo, e aqueles que desistirem cedo, perderão os maiores benefícios. Se você se comprometer com um dia de cada vez em um período de quarenta dias, os resultados poderão mudar a sua vida e o seu casamento. 

Considere este livro um desafio vindo de quem já o aceitou antes de você.

A intenção em postar este estudo ( estarei postando semanalmente ), é que vocês cônjuges se disponham a praticá-lo não somente por 40 dias, mas sim por toda a vida.

Pois assim como creio que devemos viver a vida cristã diariamente até à eternidade, da mesma forma creio na questão do matrimônio, pois Ele fora criado por Deus para ser perpétuo, ou seja, até que a morte de um dos cônjuges ou dos dois o finalize, determinando o seu cancelamento.

Sabemos que somente a morte pode e deve separar um casal de seu enlace matrimonial, pelo menos para os que dizem professar a fé cristã.

AS ESCRITURAS DIZEM que Deus projetou e criou o casamento para ser algo bom. Ele é um presente lindo e inestimável. Deus usa o casamento para nos ajudar a acabar com a solidão, multiplicar nossa eficiência, construir famílias, criar filhos, curtir a vida e nos abençoar com o relacionamento íntimo.

Mas além disso, o casamento também nos mostra a necessidade de crescer e de lidar com nossas próprias dificuldades e com o egocentrismo, através da ajuda de um companheiro para toda a vida.

Se somos "ensináveis", iremos aprender a fazer aquilo que é mais importante no casamento - amar. Esta poderosa união lhe mostra o caminho para amar incondicionalmente outra pessoa imperfeita. Isto é maravilhoso. É difícil. É uma mudança de vida.

Este livro é sobre o amor, sobre a aprendizagem e sobre o desafio de viver um relacionamento amoroso. E essa jornada se inicia com a pessoa que está mais próxima de você: seu cônjuge. Que Deus lhe abençoe nesta aventura.

Mas esteja certo de uma coisa: você precisará de coragem. Ao aceitar esse desafio, você precisa ter a consciência de que ao invés de seguir o coração, terá que governá-lo. O mundo diz para seguir o coração, mas se você não estiver governando o seu, então alguém ou alguma outra coisa estará. A bíblia diz que "enganoso é o coração, mais do que todas as coisas" (Jeremias 17:9), e ele sempre perseguirá aquilo que parece certo no momento.

Nós desafiamos você a pensar de maneira diferente - escolher direcionar o seu coração para aquilo que será melhor ao longo do caminho. esta é a chave para relacionamentos permanentes e recompensadores.

A jornada de o desafio de amar não é um processo para tentar fazer do seu cônjuge a pessoa que você quer que ele seja. Com certeza você já descobriu que o esforço em tentar mudar seu marido ou sua esposa acabou em fracasso e frustração. Pelo contrário, esta é uma jornada de exploração e demonstração genuína de amor, mesmo quando o seu desejo acaba e quando as suas motivações estão enfraquecidas. A verdade é que o amor é uma decisão e não apenas um sentimento. Ele não busca os seus próprios interesses, é sofredor e transformador. E quando o amor é demonstrado verdadeiramente, como foi planejado para ser, o seu relacionamento tem grandes chances de mudar para melhor.

Em cada dia dessa jornada estão incluídos três elementos muito importantes:

Primeiro, um aspecto único do amor será discutido. Leia cada um desses aspectos cuidadosamente e esteja aberto a um novo entendimento do que significa amar alguém verdadeiramente.

Segundo, você terá um desafio específico para fazer com o seu cônjuge. Alguns serão fáceis e outros bem desafiadores. Mas leve cada desafio a sério e seja criativo e corajoso o suficiente para realizá-lo. Não desista se situações externas lhe impedirem de completar um desafio específico. Apenas faça-o o mais rápido possível e prossiga na jornada.

Por último, você terá um espaço para anotar o que está aprendendo, fazendo e como o seu cônjuge está reagindo. É importante que você aproveite este espaço para registrar o que está acontecendo com você e seu cônjuge ao longo do caminho. O seu progresso estará registrado nessas anotações que provavelmente se tornarão inestimáveis para você no futuro.

Lembre-se, você tem a responsabilidade de proteger e guiar o seu coração. Não desista e não fique desencorajado. Decida dirigi-lo e agir assim até o final. Aprender a amar verdadeiramente é uma das coisas mais importantes que você fará.

AGORA, POIS, PERMANECEM A FÉ, A ESPERANÇA E O AMOR, ESTES TRÊS; MAS O MAIOR DESTES É O AMOR 1 Coríntios 13: 13


AINDA QUE EU FALASSE AS LÍNGUAS DOS HOMENS E DOS ANJOS, E NÃO TIVESSE AMOR, SERIA COMO O METAL QUE SOA OU COMO O CÍMBALO QUE RETINE.

E AINDA QUE TIVESSE O DOM DE PROFECIA, E CONHECESSE TODOS OS MISTÉRIOS E TODA A CIÊNCIA, E AINDA QUE TIVESSE TODA FÉ, DE MANEIRA TAL QUE TRANSPORTASSE OS MONTES, E NÃO TIVESSE AMOR, NADA SERIA.

E AINDA QUE DISTRIBUÍSSE TODOS OS MEUS BENS PARA SUSTENTO DOS POBRES, E AINDA QUE ENTREGASSE O MEU CORPO PARA SER QUEIMADO, E NÃO TIVESSE AMOR, NADA DISSO ME APROVEITARIA. 1 CORÍNTIOS 13:1-3

 

Transcrito e Postado por Pr. Élio Loiola

 

Nesta seleção você encontrará frases ditas por Deus em diversos momentos da Bíblia. 'Deus disse' e ainda diz nos dias de hoje!

topo